Busca no site:

Perguntas Frequentes (Cirurgias e Exames Especiais)

> Como posso saber se meu plano cobre determinadas cirurgias ou exames?

De posse da solicitação médica e com o Cartão Unimed, ligue para nossa Central de Atendimento, pelos telefones (85) 3453.7706 / 7707 / 7708.

> Quais as regras para autorização da cirurgia de laqueadura tubária?

Quando estiver em risco à vida ou à saúde da mulher ou do futuro concepto, testemunhado em relatório escrito e assinado por dois médicos ou: a) Mulheres com capacidade civil plena; b) Maiores de vinte e cinco anos de idade ou com, pelo menos, dois filhos vivos; c) Seja observado o prazo mínimo de sessenta dias entre a manifestação da vontade e o ato cirúrgico para os devidos aconselhamentos e informações; d) Seja apresentado documento escrito e firmado, com a expressa manifestação da vontade da pessoa, após receber informações a respeito dos riscos da cirurgia, possíveis efeitos colaterais, dificuldades de sua reversão e opções de contracepção reversíveis existentes; e) Em caso de casais, com o consentimento de ambos os cônjuges expresso em documento escrito e firmado; f) Toda esterilização cirúrgica será objeto de notificação compulsória à direção do Sistema Único de Saúde.

> Quando eu for solicitar a autorização da cirurgia de laqueadura tubária, quais documentos devem ser apresentados?

Deve ser apresentado o termo escrito e firmado no qual constem informações a respeito dos riscos da cirurgia, possíveis efeitos colaterais, dificuldades de sua reversão e opções de contracepção reversíveis existentes, com data de 60 (sessenta) dias antes da realização da cirurgia e assinado pelo médico que irá realizar o procedimento, pela paciente e pelo cônjuge (se houver). Além desse termo, devem ser apresentadas cópias da certidão de nascimento dos filhos, certidão de casamento, pedido do médico e documentos de RG e cartão Unimed da paciente.

> A laqueadura tubária pode ser realizada junto com o parto?

Não, exceto nos casos de comprovada necessidade, por cesarianas sucessivas anteriores (pelo menos duas cesarianas anteriores).

> Quando é proibida a realização da laqueadura tubária?

O procedimento da laqueadura tubária é proibido nos seguintes casos: a) Durante os períodos de parto ou aborto, exceto nos casos de comprovada necessidade, por cesarianas sucessivas anteriores; b) Através de cesárea indicada para fim exclusivo de esterilização; c) Quando a manifestação de vontade expressa para fins de esterilização cirúrgica (laqueadura) ocorrer durante alterações na capacidade de discernimento por influência de álcool, drogas, estados emocionais alterados ou incapacidade mental temporária ou permanente; d) Em pessoas absolutamente incapazes, exceto mediante autorização judicial, regulamentada na forma da Lei.

> Quais as regras para a cirurgias de vasectomia (esterilização masculina)?

a) Homens com capacidade civil plena; b) Maiores de vinte e cinco anos de idade ou com, pelo menos, dois filhos vivos; c) Seja observado o prazo mínimo de sessenta dias entre a manifestação da vontade e o ato cirúrgico para os devidos aconselhamentos e informações; d) Seja apresentado documento escrito e firmado, com a expressa manifestação da vontade da pessoa, após receber informações a respeito dos riscos da cirurgia, possíveis efeitos colaterais, dificuldades de sua reversão e opções de contracepção reversíveis existentes; e) Em caso de casais, com o consentimento de ambos os cônjuges expresso em documento escrito e firmado; f) O procedimento cirúrgico deve ser devidamente registrado em prontuário e será objeto de notificação compulsória à direção do Sistema Único de Saúde, cabendo ao médico executor do procedimento fazê-la; g) Seja realizado por profissional habilitado para proceder a sua reversão; h) Avaliação psicológica prévia da condição emocional e psicológica do paciente.

> Quando é proibida a realização da vasectomia?

A proibição da vasectomia se dá nos seguintes casos: a) Durante a ocorrência de alterações na capacidade de discernimento por influência de álcool, drogas, estados emocionais alterados, incapacidade mental temporária ou permanente e devidamente registradas no parecer psicológico e/ou psiquiátrico; b) Em pessoas incapazes, exceto mediante autorização judicial, regulamentada na forma da Lei.

Logo ANS
Unimed Ceará - Rua Padre Luiz Figueira, 52
CEP 60150-120 - Aldeota - Fortaleza - Ceará
Fone: (85) 3453-7777 FAX: (85) 3252-3723